Procissão e Missa marcam a conclusão dos festejos de São Thomaz de Cantuária

“Glorioso são Thomaz, dos cristãos sois o modelo” com cânticos e hinos de louvores milhares de fiéis participaram neste domingo (07/01) da procissão e missa em louvor a São Thomaz de Cantuária, Padroeiro da cidade e Diocese de Camaçari.

Após nove dias de celebrações que contemplaram as paróquias, representantes dos poderes públicos, comerciantes, imprensa, membros de pastorais, movimentos e a comunidade em geral, a tradicional procissão e missa marcou o encerramento dos festejos do padroeiro.

Neste ano a procissão saiu da Comunidade Santo Antônio, no bairro do Triângulo e seguiu pela Radial A, além de São Thomaz a procissão foi acompanhada pelas imagens de São José e Nossa Senhora das Candeias, a co-padroeira da Diocese de Camaçari que seguiram até a Praça Desembargador Montenegro onde foi celebrada a missa festiva, presidida pelo bispo Dom João Carlos Petrini e concelebrada por padres de Camaçari.

Durante a homilia Dom Petrni recordou sobre os altos índices de violência e a importância de pensar como promover a paz  “Dedicaremos todo o primeiro semestre deste ano a pensar os caminhos de paz que podemos percorrer juntos, como povo de Camaçari e de toda a Diocese. Alguns dos nossos municípios estão entre os mais violentos do Brasil e não podemos ficar só lamentando tantas mortes violentes, pensando que outros devem cuidar desse problema. “Promover a paz” será o nosso empenho maior, procurando desarmar os ânimos e reconquistar a capacidade de acolher, de perdoar, de valorizar as outras pessoas” , disse.

Ele recordou ainda sobre  São Thomaz de Cantuária que dedicou sua vida e prezou sua fidelidade a Deus e à Igreja, foi martirizado por defender a fé “ Ele é para nós um modelo de vida cristã e um intercessor junto a Deus, para que nos socorra em nossas necessidades e tribulações”.

Em preces pediu a Deus para que renovasse as esperanças do povo e que o empenho de cada um para promoção da paz poderá regredir os índices da violência “ Neste inicio de ano, estamos carregados das melhores esperanças, estamos aqui para pedir: que o desenvolvimento se consolide e voltem muito novos empregos; que os índices de violência possam regredir pelo empenho de cada um na construção da paz; que os interesses de grupos, mesmo legítimos, sejam defendidos sem ameaçar a segurança do povo; que a luta política para consolidar a democracia seja conduzida nos limites da justiça, evitando prejudicar o bem comum e a paz”.

“Para isso, é necessário que as pessoas cultivem um horizonte religioso que transcende o interesse imediato, buscando a realização do desígnio de Deus, o seu Reino de fraternidade e de paz. Este é o momento para renovar nossa Aliança com Deus, para acolher os dez mandamentos”, completou.

Após a celebração da Missa foi realizada uma queima de fogos e a apresentação da BAMUCA (Banda Municipal de Camaçari).

Confira a homilia completa aqui

Publicado : 08/01/2018